Voltar

O que procura?

Pode pesquisar por uma palavra ou pela referência do produto



Madeiras

  • A madeira deve estar totalmente seca, pois o elevado teor de humidade pode originar empolamentos e outros defeitos na superfície;
  • Lixe a madeira no sentido das fibras com uma lixa de grão médio (180/220);
  • Elimine muito bem as poeiras e preencha nós, fendas e juntas com massa própria;
  • Aplique em seguida uma demão de primário apropriado ou subcapa;
  • Termine aplicando o verniz, seguindo as indicações da ficha técnica do produto.
  • Se o verniz estiver em bom estado, remova os vestígios de gorduras e os produtos de manutenção anteriormente empregues, com diluentes sintéticos;
  • Deixe secar e passe com uma lixa de grão fino, para promover aderência do novo envernizamento;
  • Se o verniz se encontrar esfolado ou fissurado, retire-o. Pode utilizar vários métodos como lixagem ou decapagem;
  • Passe com lixa de grão fino a fim de nivelar a superfície, se necessário, use massa própria para preencher fissuras ou buracos;
  • Lixe e aplique uma demão de primário ou subcapa;
  • Termine aplicando o novo verniz seguindo as indicações da ficha técnica do produto;
  • As superfícies brilhantes deverão ser lixadas a fim de lhes retirar o brilho.
  • Se a madeira não estiver protegida, tende a absorver a humidade, correndo o risco de desenvolver bolor e fungos e pode apodrecer. Por isso, deve aplicar um imunizante ou uma velatura e acabar a proteção com um verniz ou um esmalte.
  • Por outro lado, os raios ultravioleta provenientes do sol modificam a cor das madeiras e, ao provocar o aquecimento das superfícies, degradam a estrutura das fibras. Recomenda-se a aplicação um produto de cor média suficientemente escuro de forma a limitar os efeitos dos raios ultravioleta.
  • O aparecimento de bolores e fungos nas madeiras, derivado da humidade retida por muito tempo, provoca o apodrecimento das mesmas. Por isso, é aconselhável aplicar um produto de proteção de madeiras exteriores que contenha um fungicida.
  • Mais nas madeiras interiores, do que nas exteriores, podem aparecer larvas do bicho da madeira, que se alimentam desta para se reproduzir. Por isso, é necessário um tratamento preventivo ou curativo com produtos apropriados.
  • Localize a causa da humidade e elimine-a;
  • Retire a madeira podre e limpe bem as poeiras, e repare com madeira nova;
  • Aplique um imunizador (tipo anti caruncho) e, termine com uma tinta de esmalte ou um verniz para madeiras.
  • Se a tinta fissura ou estala;
  • Se a tinta antiga está mole, ou com bolhas;
  • Se a tinta esfarela;
  • Se a acumulação de camadas de tinta torna difícil o fecho da janela ou da porta;
  • Se deseja devolver à madeira o seu aspeto original, para poder envernizá-la.
  • Coloque a peça de madeira na horizontal e ao ar livre e use uma máscara protetora e luvas de borracha;
  • Pode usar um decapante químico em gel ou pistola de ar quente, dependendo do tipo de superfície, da natureza da superfície e do tipo de tinta ou verniz da superfície;
  • No caso de decapante químico em gel, aplique o decapante com um pincel largo e deixe atuar durante meia hora. Em seguida, remova a tinta amolecida com uma espátula, até a estrutura original de madeira estar visível e lixe toda a superfície com uma lixa de grão média ou uma lixadeira elétrica. Limpe as poeiras da superfície;
  • No caso de pistola de ar quente, direcione o jato de ar quente na tinta que se vai retirar e com uma espátula vá levantando e retirando a tinta. Lixe toda a superfície com uma lixa de grão fino para que a superfície fique limpa e lisa. Limpe as poeiras da superfície.
  • Se a superfície for nova, limpe a superfície e passe ligeiramente com uma lixa fina. Depois de eliminar as poeiras, trate a madeira com um bom produto para maior duração do verniz ou da velatura. Aplique duas ou três demãos de verniz ou velatura (lasur) nos veios da madeira, seguindo as indicações da ficha técnica do produto;
  • Se a superfície está envernizada e em bom estado, lave-a com água e detergente em pó, deixe secar e repita o procedimento usado nas superfícies novas;
  • Se a superfície estiver envernizada e em mau estado, deve eliminar qualquer tipo de velatura ou verniz com um decapante para madeira ou pistola de ar quente, limpar a superfície e repetir o processo para madeiras novas.
  • Deve aplicar verniz com um pincel ou trincha, que irá permitir uma aplicação mais ágil do verniz, fazendo com que o processo seja mais rápido. Também poderá utilizar um rolo ou pistola convencional, no entanto a primeira demão é sempre recomendada a pincel, pois proporciona a melhor impregnação do verniz à madeira.

Podem ser vários os fatores que interferem com o tempo de secagem do verniz, tais como:

  • Temperaturas extremas;
  • Resina natural da madeira;
  • Excesso de camada;
  • Diluente incorreto;
  • Intervalo entre demãos.